E agora José?


SALEEEEE é sem dúvidas a palavra da vez! O mundo esta em promoção, e caramba, parece que por estarmos em casa, em câmera lenta, trabalhando meio período, ou sei lá qual sua atual situação, sentimos necessidade de comprar um montão de coisas que muitas vezes não são realmente necessárias! Porém ao mesmo tempo me pergunto sobre a necessidade de mantermos o mercado girando! Me pego quase que todo tempo em questionamentos comigo mesma. Mesmo trabalhando com moda e enxergando o mercado como algo extremamente importante, justo eu que vejo moda como forma de libertação, como forma de se expressar, como revolução. Bem, justo eu me pergunto se em meio a tudo isso, em meio a essa loucura que nosso mundo virou, devemos ainda, continuar comprando. Caraca muleque, como eu, como estilista, criadora, me questiono esse tipo de coisa. Eu sei, a quantidade de gente que esse universo emprega! Eu tenho consciência de que uma blusinha, coloca arroz e feijão na mesa de um tantão de famílias! E mesmo assim, eu fico em cima do muro, pensando se devo ou não levar aquela calça jeans pra casa agora, será que não dá pra esperar isso tudo passar? (é sempre o mesmo questionamento!). Então se eu penso assim, imagina essa galera toda que nem se dá conta de quanto trabalho e de quantos colaboradores existem atrás de uma simples calçinha!? Apesar de minhas dúvidas, de minhas subidas e decidas do muro, apesar de eu ainda não conseguir decidir se levo ou não levo aquele chapéu que gostei tanto... Acho, e quando digo acho, é minha, apenas minha opinião viu? Que quem tem poder aquisitivo pra fazer o mundo girar, precisa continuar comprando. Tem uma galera ai que esta em um barco muiiiito melhor que o nosso! Porque quando dizem, que estamos todos no mesmo barco, a barriga até dói de tanto rir. Estamos todos na mesma tempestade! Estamos todos no olho do furacão. Agora meu bem, no mesmo barco, jamais! Tem gente isolado em ilha particular, bebendo água de cocô. Já outros, foram jogados ao mar sem ao mesmo ter colete salva vidas! Tem gente olhando toda essa loucura com dimdim na conta bancária dentro de seus luxuosos Iatês. Tem gente que esta em uma canoa furada e não sabe mais pra que lado tentar remar! E tudo bem! O mundo sempre foi desigual, e de certa forma, já acostumamos com isso (e digo, acostumar, não quer dizer concordar). O fato é que muitas e muitas vezes, a galera que poderia estar fazendo a roda não parar de girar, esta brincando de tirar férias enquanto toda essa loucura não acaba...

0 visualização

48999996462

©2020 por Ateliê de Criação. Orgulhosamente criado com Wix.com